top of page

Criação de microclimas: a solução para a conservação de materiais sensíveis em museus

A criação de microclimas locais especializados é uma técnica usada em museus para proteger certos materiais da umidade e de outros agentes ambientais que possam causar danos. A umidade é um dos principais fatores que podem afetar a integridade de objetos de arte e outros materiais em exposição ou armazenamento em museus. Para controlar a umidade em níveis desejáveis, muitos museus utilizam agentes tampão de umidade, como pacotes pré-condicionados e fechados de gel ou sílica gel.

Esses agentes de umidade são capazes de controlar a umidade relativa em um determinado ambiente e criar um microclima localizado que é mais adequado para a preservação de determinados materiais. Eles são especialmente úteis para materiais que são particularmente sensíveis à umidade, como papel, tecidos, metais e couro. Ao criar um microclima localizado com um agente tampão de umidade, os museus podem reduzir a necessidade de climatização de todo o ambiente, o que pode ser caro e muitas vezes desnecessário.



https://www.canada.ca/en/conservation-institute/services/conservation-preservation-publications/canadian-conservation-institute-notes/prep-silica-gel.html

A técnica de armazenamento em várias camadas, combinada com a criação de microclimas locais especializados, é uma abordagem eficaz para proteger os materiais em museus. A criação de camadas de proteção, como a embalagem em invólucros de barreira de proteção, a colocação em caixas ou envelopes de armazenamento selados e a organização em gabinetes e prateleiras apropriados, pode ajudar a reduzir a exposição de materiais a agentes ambientais nocivos.

No entanto, é importante notar que os agentes tampão de umidade devem ser usados ​​com cuidado e monitorados regularmente para evitar o excesso de umidade ou ressecamento excessivo dos materiais. Além disso, a escolha do tipo de agente tampão de umidade e sua quantidade necessária deve ser determinada caso a caso, levando em consideração as propriedades dos materiais e as condições ambientais do local de armazenamento.

Em resumo, a criação de microclimas locais especializados com agentes tampão de umidade é uma técnica eficaz para proteger materiais sensíveis à umidade em museus. Essa técnica combinada com a abordagem de armazenamento em várias camadas pode garantir a preservação dos materiais em longo prazo.


No entanto, é importante lembrar que a escolha do agente tampão de umidade e a quantidade necessária devem ser determinadas caso a caso, e os materiais devem ser monitorados regularmente para garantir que estejam sendo protegidos de maneira adequada.


Quer ver alguns exemplos de como construir microclimas para objetos que requeiram parâmetros especiais de conservação? Veja estes artigos abaixo🤓:



Você já viu dois cursos novos que têm tudo a ver com este assunto?




Registre-se em nosso site e receba 5% de desconto para se inscrever neste curso! Este desconto é por tempo limitado!

88 visualizações0 comentário
bottom of page